sábado, 28 de fevereiro de 2009

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº47)

.
Sinto-me tão viril quando corto as cordas da guitarra com um alicate.

Oh yeah.

22

. . .

Reparei agora que estou acordado há 22 horas.

. . .

E ainda não sinto sono.

. . .

Preguiçoso e pouco profissional

Prometo que amanhã, no dia anterior à reunião com os gajos que querem fazer a banda, mudo as cordas da guitarra e afino aquilo tudo como Deus (Jimi Hendrix) manda.

Prometo, prometo, prometo.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº46)

Há 2 minutos atrás, ao chegar a casa:

"Há poemas que eu gostava de poder nunca escrever."

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº45)

.
"Tenho de parar de me esquecer que preciso de dormir para funcionar."

Parvoíce aos Quadradinhos (nº23)

.

Tenho de... resitir... a mandar piada... sobre... Brokeback Mountain!

Pensamentos Divergentes (nº30)

Lembro-me de como carregavas essa cruz de labaredas às costas,
do outro lado da estação enquanto o teu comboio chegava em primeiro lugar.
Dissémos adeus naquilo que eu senti ser a última vez.

E para todos os efeitos, foi.

Lembro-me de como carregavas essa cruz de labaredas às costas
E de como o teu profundo desespero e solidão explodiam em fogo-de-artifício,
Para adoçar a amargura das estrelas nocturnas em meados de Novembro.

E lembro-me que foi das coisas mais belas que alguma vez vi.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº44)

.
"Tenho de parar de me esquecer que preciso de comida para sobreviver."

O totó tem a mania que sabe tocar guitarra!

Fui convidado para fazer parte de uma banda.

Não toco com outras pessoas há quase 5 anos.

Ainda não me comprometi a nada, mas reuno-me com o pessoal este Domingo.

Vamos ver no que isto dá.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº43)

"... Não me lembro da última vez que mudei de calças..."

"... Se calhar é sinal de que devia pôr este par a lavar..."

"Deixa tar, faço isso amanhã. "

"... Serei porco, ou só preguiçoso?"

Pensamentos Divergentes (nº29)

É que não sei se hei-de bombardear este sítio em mim onde vivem todas as mulheres que me foderam a vida, ou se hei-de continuar a tentar fazer pazes com as fronteiras.

De uma forma ou de outra, esgotam-se-me as bandeiras brancas; o pano tinge-se de vermelho-sangue.

Puisqu’elle m’aime, je m’aime aussi

Mais uma vez, o grande Gene Kelly num dos meus momentos favoritos, agora no filme It's Always Fair Weather de 1955.
.
Posso não ser o Gene Kelly, mas parte de mim anda a assobiar pela rua, de patins.
.
.
Why am I feeling so good?
Why am I feeling so strong?
Why am I feeling, when things could go black,
that nothing could possibly go wrong?
.
This has been a most unnusual day...
Love has made me see things in a different way...
.
Can it be... I like myself?
She likes me so... I like myself!
If someone wonderful as she is can think i'm wonderful,
I must be quite a guy.
.
Feeling so unlike myself,
Always used to dislike myself.
But now my love has got me riding high,
She likes me, so so do I.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº42)

É engraçado como algumas coisas correm.

Quando me envolvi com Ela, pensei que estava a cometer um daqueles grandes erros dos quais eventualmente me arrependeria.
Já se passaram uns anos e ainda não me arrependi.

As pessoas pensam, erradamente, que eu preciso sempre de estar certo, de ter razão.
Ela é a prova de que eu adoro estar errado.

And I'll be holding all the tickets

Já tentei uma e outra vez... mas não consigo ultrapassar esta minha paixão por Bon Iver.

















Come on skinny love just last the year
Pour a little salt, we were never here
My, my, my, my, my, my, my, my
Staring at the sink of blood and crushed veneer
.
I tell my love to wreck it all
Cut out all the ropes and let me fall
My, my, my, my, my, my, my, my
Right in the moment this order's tall
.
And I told you to be patient
And I told you to be fine
And I told you to be balanced
And I told you to be kind
And In the morning I'll be with you
But it will be a different "kind"
And I'll be holding all the tickets
And you'll be owning all the fines...
.
Come on skinny love, what happened here?
Suckle on the hope in lite brassiere
My, my, my, my, my, my, my, my
Sullen load is full, so slow on the split
.
And I told you to be patient
And I told you to be fine
And I told you to be balanced
And I told you to be kind
And now all your love is wasted
Then who the hell was I?
Now I'm breaking at the britches
And at the end of all your lines...

Who will love you?
Who will fight?
Who will fall far behind?

Não me batam, mas...

.
... Não gostei nada do The Curious Case of Benjamin Button.

Em primeiro lugar, o filme é terrivelmente longo e terrivelmente parado. Tornou-se entediante mesmo, desvanecendo-se rapidamente o sentimento mágico dos primeiros 30 minutos de filme.

Em segundo lugar, foi extremamente difícil sentir-me minimamente ligado às personagens do filme. Infelizmente, foi preciso chegar aos últimos 15 minutos do filme para que este se centrasse verdadeiramente na dor e consequências de se ser diferente e na angústia da perda de alguém que se ama.

Em terceiro lugar, o filme tem sido largamente gabado e eu estava à espera de um novo Big Fish, o que agravou a desilusão.
.
Eu não quero pensar que parte do sucesso deste filme (principalmente na comunidade feminina) tem de alguma forma a ver com o Brad Pitt e com o fascínio por homens mais velhos... mas penso.
.
Suponho que sim, sou um cínico.

Porque estou a escrever isto

Há algo de catártico no acto de escrever.

Nas últimas semanas tenho-me perguntado imensas vezes porque escrevo e mais concretamente porque escrevo aqui, sujeito a olhares e julgamentos externos (embora me tenha protegido mais ou menos através de um nome de código e da identificação de conhecidos através de letras do alfabeto).

E acho que existe mesmo algo de terapêutico na escrita. É um despejar de angústias internas, uma espécie de defecar da alma na esperança de que, ao soltarmos os nossos sentimentos selvagens ao mundo, algo (n)os acolha e (n)os contenha nesta experiência de se ser. E de se ser verdadeiramente; nús perante o outro e perante nós.

O Nuno diz-me constantemente: "Escreve para ti e não para os outros". Mas é impossível não escrever para os outros. Escrevemos para os outros porque procuramos uma espécie de identificação no outro, uma ligação ao resto da humanidade. Pelo menos é o que eu faço.
- Escrevo por mim, para os outros.
.
E isso implica medo. Implica febre. Implica uma ansiedade da leitura dos outros, do sucesso e insucesso, se é que tal pode ser definido na escrita. E nos blogs isso está em particular relevo através dos comments, dos seguidores e das estatísticas do site.
No entanto, os blogs também são uma forma fácil de arranjar a "moca" de escrever. É uma descarga rápida, de simples acesso, e penso que por isso tanta (toda a) gente tem blogs.
.
Mesmo assim, vejo tanta coisa aqui que vem do exterior.
Não só no meu blog... nos outros que leio a regra é, mais ou menos, estável.
.
Gostamos de partilhar as alegrias e não as dores. Quando alguém está alegre queremos logo saber porquê... para sermos contagiados por essa aura de felicidade - "Então, porque estás tão animado?".
Por outro lado, quando alguém está em baixo dizemos "Não penses mais nisso", no medo que o outro nos contagie com a sua angústia. Com medo que a dor do outro desequilibre este delicado balanço que mantemos para funcionar no dia-a-dia, mascarados para o outro no carvanal da existência mundana.
.
Da mesma forma, observo que a maioria dos posts animados, gozões, têm bastante receptividade nos comments. Os posts que não são assim... geralmente caem no silêncio, na ausência da partilha.
.
Por isso, talvez esteja errada a minha teoria sobre escrever na esperança de encontrar um contentor.
.
Ou talvez esteja certo.
Afinal de contas, a vida é feita de procuras.

Pensamentos Divergentes (nº28)

As luzes desta cidade evaporam-se em chamas quando tocam a tua cara
E por isso procurei uma cura engarrafada, escondida algures debaixo da tua pele.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Flashbacks de Conversas Passadas (nº3)

Alguém - Podia apaixonar-me por ti, sabias?
Eu - Está bem. Mas ambos sabemos que isso não vai acontecer.
Alguém - Pois...

In the left corner...

.
E no ringue, temos 5 diferentes aspectos de Eu a disputar pelo título!

Quem ganhará, senhoras e senhores?

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº41)

Deparei-me hoje com um pequeno livro que a ExEla-1 me ofereceu há mais de 4 anos.
.
"Achei que tu haverias de perceber o seu significado", disse ela.
.
Nunca o cheguei a ler. E também não será hoje.

i am a scientist

Já me chamaram de céptico como se fosse uma espécie de defeito. Quem me conhece diz que sou muito racional e científico, como se fosse algo que devesse ser uma raridade. E quem me conhece melhor diz que por vezes sou demasiado racional e científico, como se isso fosse possível.
.
Anyway, estou tão mas tão viciado nesta música que meteram no Sim, Sou um Sciente Geek:
.
Dandy Warhols - I Am a Scientist
.
In me the scientist's
Always stuck on always trying this
I try to live on science alone
Analysis and freaky sensitivity
We've gotta live on science alone
.
Yeah uh I am a scientist
Yeah uh I am a scientist
Yeah uh I am a scientist
We've gotta live on science alone
.
Religiously I'm speaking on the science 'cause
We've gotta live on science alone
I tell you what mathematically I'm having it
I want to live on science alone
.
Yeah uh I am a scientist
Yeah uh I am a scientist
Yeah uh I am a scientist
We've gotta live on science alone
.
In me the scientist's
Always stuck on always trying this
I try to live on science alone
Analysis and freaky sensitivity
We've gotta live on science alone
.
Yeah uh I am a scientist
Yeah uh I am a scientist
Yeah uh I am a scientist
'Cause I can live on science alone
We've gotta live on science alone

Coisas que me fazem parecer menos MACHO

1 - Não sei escarrar;

2 - Não me interesso por futebol;

3 - Não percebo nada de carros nem quero perceber;

4 - Compro a National Geographic em vez da Maxmen (o que não quer dizer que não umas espreitadelas de vez em quando);

5 - Não me contorço todo nem sinto vómitos quando vejo dois homens beijando-se;

6 - Gosto de usar uma esponja no duche;

7 - Irritam-me mulheres burras e fúteis, mesmo que sejam giras e fáceis;

8 - Não tiro macacos do nariz quando estou a conduzir;

9 - Não tenho nenhum fascínio por sexo anal;

10 - Bastam 2 cervejas para eu começar a ficar alegre;

11 - Se tenho comichão nas partes íntimas e estou em público, consigo conter-me.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº40)

No duche, em voz alta, a ressacar do Slumdog Millionaire:

"All i wanna do is PUM PUM PUM PUM and Tling and take your money "

Done.

Isto já não tem cura.

Faz parte de quem eu sou.

Stop

Eu só queria parar.

Porque não consigo?

Pensamentos Divergentes (nº27)

.
(...) porque esta minha doença por vezes quebra a barreira entre realidade e sonho.

Tenho o seguinte a dizer sobre o Slumdog Millionaire

Mereceu, sem dúvida, o Oscar para melhor filme.

Há muito tempo que um filme não mexia assim comigo.
.
Ao longo dos anos, muitas foram as desilusões que tive com as nomeações dos Oscars... mas de vez em quando lá vou tendo umas alegrias.
.
Façam o que fizerem, não percam a oportunidade de ver o filme. Aviso é desde já aos fumadores para terem um maço cheio, porque o filme é bem intenso.
.
.
Ah, e tem ainda a adicionante de ter música da bela Mia e do fenomenal A. R. Rahman.
.
MIA - Paper Planes

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Flashbacks de Conversas Passadas (nº2)

Alguém - Posso-te contar uma coisa?
Eu - Força.
Alguém - Se eu não gostasse dele, era de ti que eu gostava.
Eu - ... 'Tá bem.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº39)

.
"Porque é que eu continuo a escrever neste blog, se tantas vezes me passa pela cabeça desistir?"

Before this rever becomes an ocean

A propósito do post anterior... e porque eu também sei ser divertido quando quero.


George Michael - Faith

Well I guess it would be nice
If I could touch your body
I know not everybody
Has got a body like you

But I've got to think twice
Before I give my heart away
And I know all the games you play
Because I play them too

Oh but I
Need some time off from that emotion
Time to pick my heart up off the floor
And when that love comes down without devotion
Well it takes a strong man baby
But I'm showing you the door

'Cause I gotta have faith...

Baby,
I know you're asking me to stay
Say please, please, please, don't go away
You say I'm giving you the blues
Maybe
You mean every word you say
Can't help but think of yesterday A
nd another who tied me down to loverboy rules

Before this river
Becomes an ocean
Before you throw my heart back on the floor
Oh baby I reconsider
My foolish notion
Well I need someone to hold me
But I'll wait for something more

Yes I've gotta have faith...

Pensamentos Divergentes (nº26)

Fala-me de Deus como o fazias. E afaga-me o cabelo com toda a certeza do mundo de que existe um plano maior, a que todos obedecemos.

Porque toda esta responsabilidade de existir é grande demais. E o caminho que percorro ainda é longo. E para trás deixei muitas travessias melhores que esta. E as feridas do percurso parecem nunca se transformar em armaduras de calo.

Fala comigo como se fosse verdade, como se eu não tivesse deixado de ser a criança ingénua que acreditava que o mundo era feito certezas.

Fala-me de Deus, porque estou farto de ser eu a lançar os meus próprios dados sem nunca saber quais das faces terei de encarar.

E no final explica-me porque é que não me deixo a mim mesmo acreditar na mentira.

Não contém a ninguém que eu até tenho vergonha disto, mas...

.
... não estou a ver a cerimónia dos Oscars.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº38)

Sinto tremendas saudades. De várias coisas e de várias pessoas. Mas não sei bem do quê, nem de quem.
.
Acho que passei a última década da minha vida assim.

Pá, desisto

Após 12 horas da experiência de hoje, posso dizer que falhei miseravelmente.
.
Ao longo do dia aborreci-me e irritei-me demasiado, muitas vezes com coisas estúpidas e por isso auto-desqualifiquei-me. Além do mais, como disse o G, estava demasiado preocupado em não me preocupar.
.
No entanto, para parar de me preocupar com o que as pessoas pensam de mim, retirei a votação que tinha ali ao lado.
Acho que até foi positiva; 75% (10 pessoas) das pessoas que votaram, disseram que eu era de 50% normal para cima; apenas uma pessoa disse que eu era "Um bocadinho a dar para o anormal, sinceramente" e duas pessoas (gostava de saber quem) disseram que eu era "Completamente anormal".
.
Oh well. Don't worry... be happy.

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Altos e baixos

Duas horas desde que fiz a promessa. Está a correr melhor agora.

Ainda não tive de recorrer a batota (cerveja), mas guardo bem perto para o caso de ser preciso.

Parvoíce aos Quadradinhos (nº22)

Li recentemente o nº94 da coleccção The Brave & The Bold, publicado originalmente em 1971.
.
É, talvez, das coisas mais divertidas de sempre. Para já, tem as habituais piadas fáceis sobre a sexualidade do Batman:

O Batman dizer que precisa urgentemente de ajuda especial por estar preso entre jovens e adultos poderia ser um grande avanço... Mas mais tarde descobrimos que a "ajuda" a que ele se refere são os membros do grupo de super-heróis adolescentes, Teen Titans.
.
.

... Tenta controlar-te, Batman.

.

Mas para além das piadas fáceis, tem um dos painéis mais engraçados que já vi:

BOOM

Adoro a cara e a pose do Batman quando a bomba explode por trás dele. Adoro.

Stop worrying about worrying

Já lá vai uma hora desde que fiz a promessa. Isto 'tá difícil.
.
Vou-me acalmando com o seguinte mantra:
.
Bobby Mcferrin - Don't Worry Be Happy
.
Here is a little song I wrote
You might want to sing it note for note
Don't worry be happy
In every life we have some trouble
When you worry you make it double
Don't worry, be happy...
.
Ain't got no place to lay your head
Somebody came and took your bed
Don't worry, be happy
The land lord say your rent is late
He may have to litigate
Don't worry, be happy
Look at me I am happy
.
Don't worry, be happy
Here I give you my phone number
When you worry call me, I make you happy
Don't worry, be happy
.
Ain't got no cash, ain't got no style
Ain't got not girl to make you smile
But don't worry be happy
Cause when you worry your face will frown
And that will bring everybody down
So don't worry, be happy...

Promessa a mim mesmo:

.
Hoje não me vou preocupar com NADA.

Vamos ver quanto tempo isto dura.

Pensamentos Divergentes (nº25)

Estes momentos em que perco o controlo que aprendi a exercer de forma tão implacável.
.
Momentos em que O Monstro espreita a sua feia cabeça de fora de mim para ver o que se passa.
.
E eu vejo-me de fora, sem poder fazer nada. Sem conseguir dominar a confusão que invade a minha mente.
.
O espaço à minha volta gira, e provo um desespero antigo que corre em sangue pelas costas da minha existência.
.
Já não passeio pelas cidades sem destino, carregado pelos meus delírios. O "rapaz louco", "estranho", ou "alterado"... mas por vezes tenho vontade de voltar a ser assim. Por vezes, invade-me a saudade do som dos passos do Anjo Invisível que me persegue. Ou perseguia.
.
Quero cobrir a Lua, quero que o meu corpo nú seja violado pelo frio da noite enquanto uivo a tudo o que teve a audácia de não existir para mim.
.
Quero ser um animal selvagem, sem margem nem lei. Quero ver tudo a arder e quero morrer no caos que crio para mim.
.
Quero Eu, sem ser verdadeiramente Eu.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Flashbacks de Conversas Passadas (nº1)

Alguém - Tu não és tão pessoa como pensas, sabias?
Eu - Sou pois.
Alguém - Mas EU gosto de ti como és. E não sou a única, tu sabes disso.
Eu - Mas isso não chega. E vocês estão errados.
Alguém - Errados?
Eu - Sim. Eu conheço-me melhor do que vocês alguma vez poderão conhecer. Por isso, eu é que sei.
Alguém - Então tu és o dono da razão e da verdade e nós somos uns tansos por gostarmos de ti, é isso?
Eu - Basicamente, sim.
Alguém - Às vezes és horrível.
Eu - Estás a ver?

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº37)

" Será que os gatos domésticos têm inveja dos grandes felinos, como os tigres e os leões, por serem maiores e mais respeitados? "
.
" Será que anda por aí algum gato racista porque a sua gata o trocou por um leopardo? "
.
" ... Se calhar o meu problema é que hoje, pela primeira vez desde não sei quando, não tenho nada para fazer. "

Se eu tivesse um smoking de vinil...

... seria o gajo mais fixe da cidade inteira e saíria todas as noites para o engate. Na rua, seguido por uma multidão de miúdas dos anos 60 de mini-saia e botas de salto-alto, dançaria ao som desta música:

Les Chats Sauvages - Est Ce Que Tu Le Sais
.
Vise un peu ça si c'est mignon!
Sais-tu où se trouve sa maison?
Est-ce que tu le sais?
Est-ce que tu le sais dis-moi?
.
Crois-tu que j'peux l'aborder
Sans risquer de me faire incendier?
Est-ce que tu le sais?
Est-ce que tu le sais dis-moi?
.
Pourrais-tu m'expliquer
Pourquoi j'ai reçu sa main sur le nez?
Est-ce que tu le sais?
Est-ce que tu le sais dis-moi?
Est-ce que tu le sais?
.
Est-ce que tu le sais?
Est-ce que tu le sais?
Est-ce que tu le sais dis-moi
.
Je n'veux pas rester vieux garçon
Il doit bien y avoir une solution
Est-ce que tu le sais?
Est-ce que tu le sais?
Est-ce que tu le sais?

Parvoíce aos Quadradinhos (nº21)

.

... yuk.

Sonhei que era um monstro...

... só que no sonho eu era igual ao que sou no mundo real.

Vai à merda, Subconsciente.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Conversa Conjugal (nº11)

Para perceberem, têm primeiro de saber uma coisa: sempre que tiro uma pizza do forno, fico com os óculos completamente embaciados e não consigo ver nada.

A tirar uma pizza do forno:

Ela (a rir-se) - Já alguma vez te viste assim ao espelho?
Eu - Erm... Como?
Ela - ...

"É servido?"

À porta do edifício com o R, a fazer pausa da venda dos livros e a aproveitar o bom tempo.
.
Montei um piquenique de improviso com umas cadeiras e os hamburguers que fui buscar ao McDonalds.
.
Acho que as pessoas a passar acharam-nos parvos.

Conversa Conjugal (nº10)

Os dois abraçados. Ela repara que eu estou com um olhar distante.
.
Ela - O que foi? Já te estás a fartar de mim?
Eu - Hm? Não, desculpa. Estava a pensar na sequência Fibonacci.
Ela - ...?
Eu - Sim, é que os teus ratos andam a ter ninhadas segundo os Números Fibonacci. A primeira ninhada foi de 2, a segunda de 3, e a terceira de 5.
Ela - ... Eu 'tou aqui a dar-te abraços e carinhos e tu estás a pensar em números?

Sonâmbulo-Desperto, parte 2

.
É bem possível que me tenha esquecido de como se vai dormir.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Adição simples

A ExEla-0 encontrou alguém melhor que eu;

A ExEla-1 não me achava suficientemente bom para ela;

A ExEla-2 achava-me bom para ela até eu lhe mostrar que se tinha enganado redondamente;

A ExEla-3 queria mesmo era um amigo meu que achava ser melhor que eu (e era);

E Ela acha que não existe ninguém no mundo melhor que eu. Já lhe tentei explicar que não, mas ela não acredita. Por agora.



Vai mais uma cervejinha.

Eu, comigo mesmo

Eu1 - Porque não escreves alguma coisa no blog?
Eu2 - Deixa-me em paz.
Eu1 - Então, pá?
Eu2 - Não me apetece.
Eu1 - Porquê?
Eu2 - Simplesmente não me apetece, foda-se. Não tenho nada para dizer hoje.
Eu1 - Vais ficar para aí a beber cerveja e a ver séries?
Eu2 - Yah, parece-me uma boa ideia.
Eu1 - És um falhado.
Eu2 - Yup.
Eu1 - ...
Eu2 - Preciso de comprar cerveja a sério... Tenho saudades de Guiness.

Sonâmbulo-Desperto

.
Detesto estas noites em que não consigo dormir.

Pensamentos Divergentes (nº24)

Saía às ruas para fugir às drogas que minavam a sua existência entre quatro paredes, como se os dentes aguçados da noite dessem uma nova frescura à sua mente.

Eram ruas de mau gosto, habitadas à noite por putas, por degenerados, e por ele.
Não o desmotivava o risco. No banco de jardim pensava cinicamente:
.
"Uma navalha ao pescoço até era bom para quebrar a monotonia".

E foi nesse jardim que deixou uma parte de si. Deixou-a morta, degolada no chão, para que pudesse finalmente dizer aos abutres: "Tomem seus filhos da puta, eu desisto! Devorem tudo o que sou, desfiem-me as vísceras, mas engulam-me o coração inteiro para que se engasguem no que há tanto tempo andaram a caçar!"

Mas os abutres não vieram e lá ficou ele estendido, invisível para qualquer um que lá passasse.
.
E se alguém, algum dia, tropeçar no cadáver que deixou no jardim, esse alguém serei eu.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

if you want me now, you can have me now

Há 1 ano que a minha Sobrinha me pede constantemente para pôr esta música a tocar e dançar com ela. Chama-lhe "a música do verde", por causa de um dos membros da banda que no vídeo usa um casaco verde de que ela gosta.
.
Tem bom gosto musical, a minha sobrinha.

Tilly and The Wall - Sing Songs Along

we'll wake up your mothers, we'll start a commotion
we'll take you apart, yeah we'll swallow the ocean
and just when you've labeled us one of your types
we'll fly our flag right up up out of your sky
so puff out your chest in some weird dusty fight
we're taking no part in your cracked antique life
we're believing everything that we have heard
we're taking our turn with the kids that don't learn
you know i'm going to take my turn
.
let us be free, let us sing songs along
the bottoms of barrels, let us be free
let us be free, let us sing songs along
the bottoms of barrels, let us be free
.
so out come you clowns, all you wolves, all you martyrs
you holy rat rattlers, holy found fathers
we're selling ourselves so ourselves we can find
we're living at night trying to pull out the light
we'll turn up the heat as we burn up your boxes
we'll loosen our wrists as we fill in your foxholes
you've got your bad apple to ruin your bunch
but we're all right here so you better eat up
oh yeah there's nothing you can do!
.
let us be free, let us sing songs along
the bottoms of barrels, let us be free
let us be free, let us sing songs along
the bottoms of barrels, let us be free
.
if you want me here, you can have me here
if you want me now, you can have me now
if you want me down, oh i will get real low
you better believe i'll be down by your shoes
if you want it all, you can have it all
if you want some more, come and get some more
'cause the dirt feels good when you're underground
you better believe that we're all getting down
you know that us feral kids love straying about
so start giving in, yeah you better get down
.
let us be free, let us sing songs along
the bottoms of barrels, let us be free
let us be free, let us sing songs along
the bottoms of barrels, let us be free
.
let! us! be! free!
let! us! be! free!
let! us! be! free!
let! us! be! free!

Como é que eu sobrevivi à escola?

Por causa do post anterior, estive a relembrar os meus tempos de jovem rebelde e irreverente... Que em vez de tomar atenção nas aulas de Física e fazer os exercícios do professor, se juntava a um canto da sala com outro colega a fazer contas para testar o que acontecería caso a Terra parásse de girar de repente.
.
Isto por causa de uma discussão no início do ano, em que eu acreditava que se isso acontecesse todos os objectos na sua superfície seriam lançados para o espaço, e que a crosta terrestre se despedaçaria... ele discordava.
.
Então de aula em aula iamos levando mais dados necessários para a equação (massa e tamanho da Terra, velocidade de rotação, etc.).
.
Foda-se, que nerds.

Googlices (nº3)

"o que significa pimpona" - Eu também não sabia. Fala com a K.

"dormir pouco e trabalhar demais" - Isso já sei o que é, sim...

"minha vida é um tédio" - Pois, também.

"como deixar de ser branquelo" - Nem sei por onde começar por te explicar que vieste ter ao sítio errado.

"falso artista" - E tu vieste mesmo ter ao sítio certo.

"quantas voltas o mundo deu torno do sol" - Ora... a Terra tem cerca de 4,54 mil milhões de anos, por isso o número de voltas em torno do Sol deverá ser aproximado a isso. Mas não tenho a certeza pois o campo gravitacional da Terra não terá sido sempre o mesmo devido às alterações de massa que sofreu durante o seu desenvolvimento. Isso também traz a questão: estás apenas interessado na quantidade de voltas a partir do momento em que a Terra se tornou um planeta, ou estás a contar com quando ainda era um protoplaneta? Tens de ser mais específico, pá... além do mais, esta área não é o meu forte.

"sonhar com sodio na palavra de DEus signif.." - ... Sim, continua. Agora deixaste-me curioso.

"segredos de twin quem é o macaco do fire walk with me. respostas?" - .... Não, mas tenho MUITAS perguntas.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº36)

Hoje, à falta de açúcar, metí algodão-doce no café.

Não foi mau. Deixou foi a espuma do café cor-de-rosa.

A judiar a mais nova

A birra do costume ao jantar

Sobrinha - NÃO GOSTO de cogumelos!
Cunhado - Olha, eles também não gostam de ti.
Sobrinha - Mas eles não me têm de comer a mim!
Eu - Alguns comem. Os Cogumelos Gigantes da Amazónia comem pessoas pequeninas como tu.
Sobrinha - ... Mas... comem pessoas porquê?
Eu - Então, têm de comer alguma coisa não?
Sobrinha (desconfiada/assustada) - ...
Eu - Queres ir um dia à Amazónia com o tio?
Sobrinha - Sim... mas quando fôr mais crescida.

Explodiu recentemente uma bomba de estupidez no Reino Unido ou quê?

Não bastava a história do puto de 13 anos que é pai e dos outros miúdos de 14 e 15 anos que queriam fazer testes de paternidade.
.
Agora, segundo esta notícia, criaram-se zonas numa estação de comboios no norte da Inglaterra em que é permitido ou proibído beijar.
Isto porque as pessoas páram mal os carros para deixarem os passageiros, e depois demoram muito tempo a despedirem-se com beijos, causando congestionamento.
.
Agora o que eu queria era uma placa do sinal "Permitido beijar" e pendurá-la no meu quarto... ou, de preferência, andar com ela ao pescoço. Ou até, quem sabe, fazer uma tatuagem da imagem numa parte íntima do meu corpo.
.
.
P. S. - Que raios se passa com a cabeça daquela senhora?

Parvoíce aos Quadradinhos (nº20)

.


Factos curiosos sobre o gajo que criou a Mulher Maravilha (e lembrem-se que isto era no início do séc. XX nos EUA):

1- Era psicólogo;

2- Inventou uma das principais componentes instrumentais do polígrafo moderno;

3 - Após realizar alguns estudos tornou-se um feminista acérrimo, acreditando que as mulheres eram mais honestas que os homens para além de trabalharem de forma mais rápida e eficaz;

4 - Vivia com duas mulheres numa relação amorosa;

5 - Acreditava que se um homem pudesse ter uma mulher atraente e mais forte que ele, à qual se pudesse submeter, tornar-se-ia seu escravo de bom gosto;

6 - Acreditava que o mundo seria um lugar bem melhor se todos os homens aceitassem o prazer erótico de submissão às mulheres, levando possivelmente a uma paz mundial.


Conclusão que tiro daqui... se calhar o erotismo nestas BD's antigas não está só na minha cabeça. Agora não sei se hei-de ficar aliviado ou ainda mais preocupado.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Shut up girlfriends from the past

.
Infelizmente sei o que isto é... e tenho uns óculos iguais.

Flight of the Conchords - Ex-Girlfriends

- It's like they don't think we can be together.
- Nah, mostly it's because they think you're a dick, you know? With the dickish glasses and that.
- No, it's mainly because they think our races shouldn't mix.
- Nah, mostly it's because they think i've raided better looking fellas when i've been too drunk to speak.
- Is that how you feel?
- 50/50. I kinda like you.
- I kinda like you, too.
.
.
Loretta broke my heart in a letter
she told me she was leaving and her life would be better
Joan broke it off over the phone
after the tone she left me alone
Jen said she'd never ever see me again
when I saw her again, she said it again
Jan met another man
Liza got amnesia, just forgot who I am
Felicity said there was no electricity
Emily, no chemistry
Fran ran, Bruce turned out to be a man
Flo had to go, I couldn't go with the flow
.
Carol Brown just took a bus out of town...
But i'm hoping that you'll stick around
.
He doesn't cook or clean
He's not good boyfriend material
Ooh, we can eat cereal
He'll lose interest fast, his relationships never last
Shut up girlfriends from the past
He says he'll do one thing and then he goes and does another thing
Oooh, you organized all my ex-girlfriends into a choir
And got them to sing
Ooh Ooh Ooh, Shut up
Ooh Ooh Ooh, Shut up girlfriends from the past
.
Mimi will no longer see me
Brittany... Brittany hit me
Paula, Sephanie, Stella, and Stephanie
There must be fifty ways that lovers have left me
.
Carol Brown just took a bus out of town...
.
Love is a delicate thing, you can't just throw it away on the breeze
He said the same thing to me
How can we ever know we found the right person in this world?
That means he looks at other girls
Love is a mystery, it does not follow rules
This guy is a fool,
He'll always be a boy, he's a man who never grew up
I thought I told you to shut up
.
Mona, you told me you were in a coma
Tiffany, you said that you had an epiphany
Mmmm would you like a little cereal?
Who organized this choir of ex-girlfriends?
Was it you, Carol Brown? Was it you, Carol Brown?
.
Carol Brown just took a bus out of town...
But i'm hoping that you'll stick around
Stick around
Stick around
Stick around
Stick around

Dedicado à B,

porque sei que ela vai amar:

Finalmente começaram a sair novos episódios do Family Guy!

Nova imagem do blog

Finalmente instalei o Photoshop CS3 e reinstalei a minha Pen Tablet da Wacom (yaaaaaay!), e por isso decidi fazer uma coisa simples e gira para o blog.

Ainda pensei em fazer mais uns bonecos e "enfeites" mas já tenho a vista cansada.



Update: Consegui também fazer as alterações que queria ao esquema do blog! Wohoooo sou o rei do código HTML!

*Dança da vitória*

Desde que criei este blog que o queria pôr assim, só agora tive tempo/paciência.

Gostam?

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

<3

Por MSN, do nada, enquanto eu fazia um trabalho horrível e tudo me corria mal

Ela - Estive agora a confirmar e o peso líquido dos pacotes de açúcar pode variar... nos da Delta o peso líquido varia entre 6 e 7 g... os do Continente varia entre os 6 e os 8 gramas. Ou seja... independentemente de ser Delta ou de outra marca qualquer, o pacote de açúcar pode ter tanto 6 como 7 gramas ou então 6 ou 8 gramas.
Eu - ... Eu amo-te.
.
.
.
Se não perceberam, vejam este post.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº35)

.
"Hoje sinto-me tão desinteressante que nem sei que hei-de fazer comigo."

Preciso de uma aspirina

Fumo à porta de uma livraria, às 10 da manhã, e observo o que me rodeia.
.
As pessoas andam na rua, ainda com casacos grossos apesar de o Sol brotar do céu e cuspir todo o seu calor. O Inverno ainda infecta o dia-a-dia, as transições têm de ser sempre trabalhadas.
.
Vejo jovens universitários, bem mais jovens que eu... parecem extremamente novos aos meus olhos, inexperientes, sem saberem ainda quem são. O seu pleno potencial inexplorado, a maioria destinado ao desperdício...
.
E por alguma razão sinto-me desconfortável, exposto. Sujeito aos olhares.
.
"Não vejo a hora de sair daqui".

Boa sorte, Adam

Adam Pacitti, rapaz de 20 anos no Reino Unido sonhou que era perseguido por zombies numa loja. Lutando pela sua sobrevivência conseguiu chegar ao seu apartamento, tendo de decapitar o seu colega de casa que infelizmente tinha sido infectado.
.
.
Ao entrar no seu quarto encontrou a rapariga mais bonita que alguma vez tinha visto. Agora procura-a incessantemente e criou um site onde pede a ajuda de qualquer pessoa que a possa reconhecer.


Não sei se é brincadeira ou não, também porque isto não é nada de novo, mas a verdade é que é uma boa forma de conhecer miúdas, tendo em conta que ele até já começou a ter encontros com raparigas giras nos EUA para descobrir se alguma é "a tal".

Seja como for, acho estas coisas fixes.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

oh ma petit loli

.
Porque ando a cair numa espiral de loucura. Assim tal e qual:


Nous Non Plus - Loli

Myspace

Repito:

« O Papa confirmara a 12 de Fevereiro passado que estava a preparar uma deslocação a Israel, numa ocasião em que o Vaticano recebeu uma delegação da Conferência de organizações de judeus norte-americanos, descrevendo Israel como “uma terra que é santa tanto para os cristãos como para os judeus, pois as raízes da nossa fé estão lá”. Na mesma ocasião, Bento XVI condenou a negação do Holocausto tentando pôr fim à polémica desencadeada pela sua decisão de integrar o bispo britânico Richard Williamson, e três outros bispos, todos excomungados pelo Papa João Paulo II. Numa entrevista dias antes da decisão de Bento XVI, o bispo Williamson disse numa entrevista não acreditar na existência de câmaras de gás nos campos nazis e duvidar que tivessem morrido mais de 300 mil judeus durante o regime de Hitler. »


Deus pode escrever certo por linhas tortas, mas isso não significa que Ele deixe de ser disléxico.

Parvoíce aos Quadradinhos (nº19)

.
E porque ontem foi dia dos namorados, lembrei-me de um dos casais mais famosos do mundo dos super-heróis:

.

É só romantismo.

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº34)

.
"Se calhar devia ser um gajo menos sincero com as pessoas. Parece que isso só me traz problemas."

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Coisas que faço de forma mais ou menos inconsciente no Dia dos Namorados, apesar de odiar a data

1 - Pensar sobre as relações entre homem e mulher em geral;

2 - Pensar sobre as minhas relações em específico;

3 - Vestir uns boxers com desenhos de coelhos;

4 - Achar que um dia como este não devia ser passado a trabalhar;

5 - Pensar que nunca recebi um cartão ou uma declaração de amor neste dia;

6 - Lembrar-me que já não tenho preservativos;

7 - Lembrar-me quase imediatamente depois que hoje, infelizmente, não vou precisar de preservativos para nada;

....7.1 - Amaldiçoar os céus.

Ofende alguém?

Para todos aqueles que já têm companhia esta noite, e para aqueles que ainda não têm mas planeiam ter.


Lets Make Out - Does It Offend You, Yeah?

Let's make out
Let's make out
Let's make out
Let's make out

too many legs under the table.
too many reasons for trouble.
have I got a girlfriend and does she get real mean?
yes she does, yes she does
if the feeling's right you can see it...it's the same, don't hurt
if you can't stop yourself when you feel it....ooooooh.

I can't control myself
when I see you there's no one else
when I get down all by myself
you're the one that I think about
I can't control myself
when I see you there's no one else
when I get down all by myself
you're the one that I think about

Let's make out
Let's make out
Let's make out (Let me go)
Let's make out (Let me go)

too many legs under the table.
too many reasons for trouble.
have I got a girlfriend and does she get real mean?
yes she does, yes she does
if you can't feel your hands on the ceiling from the clapping on the floor.
if you can't stop yourself when you feel it..oooooooh

I can't control myself
when I see you there's no one else
when I get down all by myself
you're the one that I think about
I can't control myself
when I see you there's no one else
when I get down all by myself
you're the one that I think about

Let's make out
Let's make out
Let's make out (Let me go)
Let's make out (Let me go)

I'm in love with you, my baby girl, I'm in love with you-ooo.
I'm in love with you, my baby girl, I'm in love with you-oo-ooo.
I'm in love with you, my baby girl, I'm in love with you-ooo.
I'm in love with you, my baby girl, I'm in love with you-ooo.

Amanhã chovem sapos...

.
Eu - Então, como é que vai o teu emprego?
D - Demiti-me, pá.
Eu - ...
D - O que foi?
Eu - ... Estou completamente chocado. Nos 17 anos que nos conhecemos, foi a primeira vez que seguiste um conselho meu.

Quem me DERA ter cegado

Sabem o Blindness? O filme baseado no livro do Saramago - Ensaio Sobre a Cegueira?

NÃO VEJAM.
A sério, o filme é tão mas tão mau! Eu já tinha ouvido dizer que era uma merda e pensei que houvesse muito exagero mas não! Quanto muito estão a subestimar o quão mau o filme é de verdade.

É entediante, tem 20 pequenas más estórias ao longo do filme com pouca ou nenhuma consequência para o seu desenvolvimento, é IMPOSSÍVEL gostar de uma única personagem principal ou secundária porque são todas incrivelmente estúpidas, superficiais, vazias e egoístas... e é tão mas tão irrealista que ao fim de 10 minutos dentro do filme deixa completamente de fazer qualquer tipo de sentido.

Se quiserem uma única razão para visionarem este filme... é caso tenham curiosidade em saber como são os seios da Julianne Moore, e para isso têm de aturar 75 dolorosos minutos de película.


P. S. - Posso desde já adiantar que não são grande coisa.

Pronto, rendo-me Valentino

É melhor tirar já isto do caminho, o mais cedo possível, e dar por terminado o Dia dos Namorados.
.
E vá, como Ela até me fez sorrir contra todas as probabilidades... Step 3.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº33)

.
"Que se foda. Saio de casa assim, nódoa de ketchup e tudo. 'Tou-me a cagar."

Se eu fosse amigo do Criador

Ainda há pouco, a jogar póquer com Deus:
.
Deus - É verdade, então 'tá tudo porreiro contigo e com a tua namorada?
Eu - Sim, acho que sim. E tu e a tua?
Deus - Um bocado tremido.
Eu - Então?
Deus - 'Távamos num café a planear o que fazer no Dia dos Namorados... e ela apanhou-me a olhar para o rabo da empregada...
Eu - Eish...
Deus - Queres o quê? Posso ser omnipotente mas não sou de ferro. Sabes perfeitamente que fiz o homem à minha imagem, isso significa que também tenho os defeitos de um homem... ou vice-versa.
Eu - Então qual é a tua desculpa para as mulheres?
Deus - Epá... tínhamos começado a namorar e ela achou que seria fofo criar um casal, 'tás a ver? Não queria causar problemas, estava embeiçado por ela.
Eu - Sim, mas precisavas mesmo de fazê-las com múltipla personalidade durante o ano inteiro? À excepção de uma vez por mês, quando ficam psicóticas por causa do período.
Deus - Já te disse que não sou perfeito. Até o melhor sistema operativo tem bugs.
Eu - ... Nem tu sabes dizer porque é que elas são assim, pois não?
Deus - ...
Eu - Foda-se, eu sabia! Quer dizer, tu até crias um universo de tamanho infinito só para simbolizar o quão grande é o teu pénis, mas o resto fazes tudo à pressa e mal feito! O mundo está cheio de coisas desnecessárias e que não fazem sentido nenhum, porra!
Deus - Eu já te disse qu...
Eu - Sim, sim, eu sei! Mas foda-se, isto tudo para quê? Só para impressionar uma gaja? Eu até não tinha problema nenhum se tu tivesses pensado e planeado isto minimamente bem, mas assim...
Deus - ... Olha, cobres a aposta ou não?
Eu - Cubro sim. Até subo.
.
Deus - Por falar nisso! Ouviste falar do puto de 13 anos que é pai?
Eu - Yah.

Tenho um conjunto de problemas...

... em relação a esta notícia, que relata um rapaz de 13 anos na Inglaterra que teve um bebé com uma rapariga de 15.
.
Problema nº1 - Onde andavam estas raparigas fáceis de 15 anos quando eu tinha 13?
.
A sério, onde?
.
Problema nº2 - "O rapaz, Alfie, contou ao jornal inglês (The Sun) como decidiu com a namorada, Chantelle, avançar com a gravidez por serem contra o aborto".
.
Contra o aborto? Qual é o puto de 13 anos que decide "avançar com a gravidez" por ser "contra o aborto"? Só se foi porque ele próprio, até bem recentemente, ainda era um feto. Foi por isso?
E qual é o pai irresponsável que permite, na sua boa consciência, deixar o seu filho de 13 anos ter um peso destes em cima para o qual ele, claramente, não está preparado?

Problema nº 3 - "O pai de Alfie, Dennis, de 45 anos, afirmou: «Ele podia ter atirado o problema para trás das costas e ficar em casa na sua Playstation. Mas esteve sempre no hospital todos os dias» ".

Pelos vistos é o tipo de pai que acha positivo que o seu filho de 13 anos mande a sua adolescência toda para o lixo. Não é nada preocupante o que ele agora vai ter de abdicar na sua vida inteira por causa da merda em que se meteu.

Problema nº 4 - "Maisie (a bebé) foi concebida depois de Chantelle e Alfie – na altura com 12 anos – terem tido uma única vez relações sexuais sem protecção ".

Onde andavam estas raparigas fáceis (e burras) de 15 anos quando eu tinha 12?

Problema nº 5 - "Os adolescentes descobriram a gravidez com 12 semanas de gestação. Mas mantiveram o segredo até aos seis meses, altura em que a mãe da menina começou a achar estranho o seu aumento de peso".

E continuam a achar que a burrice não é hereditária? .

Problema nº 6 - E apesar disto tudo, ainda haverão filhos da puta a achar que educação sexual competente nas escolas desde cedo não é algo essencial.

O Gajo pelos vistos Não é mesmo Normal

Não tarda passo-me.
.
'Tou farto de trabalhos. E por alguma razão, a meio de uma tarefa aborrecidíssima, lembrei-me que esta semana pelo menos 3 pessoas diferentes disseram-me " Tu és mesmo estranho " ou algo desse género.
.
E isso está-me a irritar à brava.
.
Sei que às vezes sou estranho, mas cada vez mais me chamam estranho em relação a coisas que eu acho completamente normais. Isso significa, portanto, que ou sou mesmo um passadinho da cabeça que anda por aí sem se aperceber das doidices que diz e pensa, ou então são as pessoas à minha volta que começam a deixar de me levar minimamente a sério.
.
Zango-me com qualquer uma das hipóteses.
.
.
Por isso, coloquei ali à direita uma votação para saber se sou assim tão pouco normal ou não. Façam favor de votar, em nome da ciência e da minha sanidade mental.
.
P.S. - Para o voto ficar registado têm mesmo de carregar no quadradinho que diz "Votar", senão fica sem efeito.

Every fucking year

Argh... estou-me a sentir deprimido e irritado ao mesmo tempo.

Deve ser de se estar a aproximar o Dia dos Namorados.

Ao longo dos anos fui condicionado para odiar esta data.

Argh.

Blogues e música

No blog da Menina Limão apaixonei-me por outra menina que faz música... e consequentemente apaixonei-me pelo blog da Menina Limão. Por isso decidi adicionar os seus dois blogs - Menina Limão; e o Meninas e Moças, Cachopas e Gaijas - e colocar aqui a música. Não vou falar da música porque a Menina Limão fez um melhor trabalho do que eu seria capaz. Myspace.
.
Soko - My Wet Dreams
.
I know i shouldn't think about you
but i do,
'Cause this morning i woke up wet,
yes i do
.
You and i doing bang bang bang,
in the back of your mother's car
For hours we did the same same same
then, in the other car
.
I now i shouldn't talk about you,
but i do
I say: "oh my god, he's so fuckable",
yes i do
.
And you said that you love love love
my ass, 'cause it's really big
You softly kiss my bum bum bum
until you felt asleep
.
"Oh please come closer, whisper in my ear",
and i do
You said "scream my name louder, tell me you love it",
and i do
.
So you moved faster and faster,
just like a sex machine
And i screamed louder and louder:
"I love your dick!"
.
And now, when i look at you
i'm red like a tomato
i hardly articulate "Hello" and i'm so ashamed
'Cause everynight, everynight
i see you in my wet dreams
you act just like a pornstar and i suck your cock like a whore
.
I feel like a whore when i see you in my dreams...
I feel like a whore when i see you in my wet dreams...
I feel like a whore when i see you in my dreams...
I feel like a whore when i see you in my wet dreams...

Foda-se! (nº14)

.
Ela - É pá, 'tou mal dos intestinos...
Eu - Ainda? Que comeste hoje?
Ela - Pois, então... foi desde que comi a pizza que tu fizeste.
Eu - ... Acredito mesmo. Isso já foi há dois dias. O que comeste hoje?
Ela - Pizza.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

There she is!

Ontem vi, finalmente, o último episódio do There She Is! (foram só 5 anos de espera) - um conjunto de animações realizadas em flash por alguém chamado Ammaloc, de um grupo chamado SamBazka, algures na Koreia.
.
São 5 pequenos episódios, cada um com cerca de 5 minutos (ou menos).
.
Aconselho vivamente que vão vê-los todos, com boa qualidade, aqui. Mas só para terem uma ideia, deixo aqui os primeiros dois episódios (ou Steps, como o autor lhes chama):

.

Where the hell is Matt?

A B lembrou-me deste vídeo... Genial.



Quem me dera ser ele.



(Existem mais 2 vídeos dele, mais antigos, em que ele dança noutros locais)

Sou 65% Catwoman...

Superhero Quiz:

You are Spider-Man

Spider-Man
95%
Robin
65%
Catwoman
65%
Hulk
60%
Batman
55%
Green Lantern
55%
Iron Man
55%
Superman
45%
The Flash
40%
Supergirl
35%
Wonder Woman
20%
You are intelligent, witty,
a bit geeky and have great
power and responsibility.


Click here to take the Superhero Personality Quiz

Foda-se! (nº13)

A conversar sobre tretas com colegas minhas quando devíamos era estar concentrados no trabalho

Colega1 - Deves achar que nunca levaste um par de cornos de nenhuma namorada tua, não?
Eu - ... Sim, é possível.
Colega1 - Nunca pensaste nisso?
Eu - Já pensei sim. Mas agora não me preocupo com o que aconteceu no passado em relação a isso.
Colega1 - Vais-me dizer que não te incomoda?
Eu - Nem por isso, não.
Colega2- Lá está ele a fazer-se de durão!
Colega3 - É, está sempre a fazer-se de forte e superior a tudo, como se nada o afectasse.
Colega2 - Pois, mas no fundo é um sensível e um romântico!
Eu - ... Não, a sério que não.
Colega1 - Pois pois, tendo em conta com quem tu namoras acredito mesmo que Ela continuava contigo se tu fosses assim tão insensível.
Colega2 - Aposto que com a ***** (Ela) ele é todo fofinho!
Eu - ...


E depois amigos meus chamam-me panasca quando digo que estou farto de estar rodeado de mulheres.

Sesguidores