domingo, 1 de abril de 2012

Coisas Que Um Gajo Coiso (nº581)


O Dia das Mentiras devia ser para relaxar dentro de um templo religioso, sentado debaixo de um escadote e afagando um gato preto, enquanto se bebem homeopáticos e se lê o horóscopo. Isto depois, claro está, de alinhar os chacras ao som tranquilizante das promessas de políticos.

4 comentários:

wapy disse...

De certeza que isso não são só os outros dias?

T disse...

A minha ideia era já que há um dia dedicado às mentiras, comemorá-lo recorrendo ao máximo de mentiras possível.

Alexandre M. Ferreira disse...

acho que alguém devia publicar um livro com as mentiras dos políticos. talvez o dia das mentiras fosse um bom dia para a sua apresentação. a capa seria alguém num "templo religioso, sentado debaixo de um escadote e afagando um gato preto, enquanto se bebem homeopáticos e se lê o horóscopo".
mas e depois? o que faríamos com a verdade?

T disse...

O que fazes sempre, escreve-la. Ao juntar as mentiras dos outros estás a expor a verdade.

Sesguidores