sexta-feira, 2 de março de 2012

Dois-cigarros-e-meio depois das 10


Meia-hora à tua espera. Porque te atrasas sempre, que é a tua forma de dizer que os outros não são assim tão importantes, não justificando se quer o atraso porque achas que assim te mantens mais misteriosa e para ti mistério é sedução. E queres seduzir toda a gente, nem eu me safo. E claro, eu sei de tudo isto e é por isso que tu achas que eu te acho um tédio - que quando não há mistério não há interesse. Que eu tenho a mania que sei tudo ou tenho de saber tudo e por isso é que sou como sou. O que tu não percebeste ainda é que tu achas que mistério é sedução mas o teu mistério não é se não incómodo.
Fazes-me esperar por ti e eu quando espero fumo. Fazes-me fumar mais e gastar cigarros à conta do tempo que me fazes aguardar por ti. E quando estás nunca dizes nada de interessante, limitas-te a atirar areia pintada a dourado para a cara das pessoas, que isso e as tuas pernas de apaixonada são que bastem para atrair a maioria das pessoas. É essa a tua sedução e não é por acaso que foi contigo que eu aprendi a expressão "Não fode nem sai de cima".
E lá estou eu a conhecer-te bem de mais. Que dizes que é por isso que não nos apaixonamos um pelo outro. Ou pelo menos - dizes tu - é por isso que ainda não fomos para a cama.

2 comentários:

je suis...noir disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
T. disse...

afiado ;)

Sesguidores