segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Coincidência? Não me parece


"Hoje, 24 de Janeiro, é o dia mais deprimente do ano, segundo uma fórmula matemática concebida por um cientista britânico da Universidade de Cardiff"
In Público

Depois do Cavaco ganhar com 53,37% de abstenção nacional vem o dia mais deprimente do ano.

3 comentários:

Pedro Simão disse...

vai ser a guerra civil que nos vai tirar deste buraco. vê-la é que é capaz de demorar uns bons anos...

sacana disse...

a matemática tem sempre razão.

Cê. disse...

Estou à espera de ver as tais eleições antecipadas para mandar o Governo para a rua.. Ah, espera lá! Não é o senhor presidente que diz que não há dinheiro para novas eleições? Um mimo, tudo isto.

Sesguidores