quarta-feira, 3 de março de 2010

Desabafo de quem está farto de viver aqui com vocês

.
Nem adivinhamos o quão baixos somos. Não há céu eterno que nos valha as mágoas, enchemos a barriga de miséria e lambemos os dedos no fim.

É mais fácil acreditarmos que alguma entidade secreta criou o vírus da Gripe A para ganhar dinheiro em vez de ponderarmos que os media estarão a inflacionar a importância do assunto. Mesmo que dois anos antes tenha acontecido o mesmo com a afamada gripe das aves.

Está mais acessível a crença nos horóscopos. Preferimos acreditar que as características de alguém foram determinadas pela posição de um planeta em relação ao outro, em vez de aceitarmos que as pessoas constroem-se a si próprias num meio dinâmico e recíproco. E assim retiramos toda a beleza que pode haver em alguém. Se alguém é bondoso ou inteligente é por causa das estrelas e mais nada, tal como aqueles que são más pessoas, e portanto têm o mesmo valor.

Quando nos acontece algo de bom não é porque merecemos ou trabalhámos para isso. Foi Deus que nos abençoou.
Quando nos acontece algo de mau é o Senhor que, na sua imensa e misteriosa sabedoria, nos castiga pelos nossos pecados.

E morremos aí pelos cantos pela ignorância. Preferimos acreditar na magia das medicinas alternativas em vez de sermos realmente tratados.
Da mesma forma, deixamo-nos explorar por igrejas ou pelos chamados bruxos ou cartomantes em vez de arranjar ajuda real para as aflições que nos inundam a alma.

Hoje, mais uma vez, perdi a fé no mundo.

Hoje, mais uma vez, estou a entrar em desespero.

Tinha muito mais a dizer mas já não sou capaz.

2 comentários:

Ana disse...

Mais uma vez amei este teu texto!

Marta Nunes disse...

Porra, tu consegues escrever o que penso... se bem que eu tb o conseguia, se penso, logo consigo escrever, tipo agora...
Mas mudando de assunto, consegues escrever organizadamente o caos dos meus pensamentos.

"pensamentos existencialistas para pessoas realistas"

Sesguidores