segunda-feira, 11 de maio de 2009

Pensamentos Divergentes (nº51)

.


Ela observa-me impiedosa, sempre vigilante.
Julgando-me e aguardando.

E os seus olhos ausentes de pálpebras têm dentes aguçados que salivam lágrimas de sangue.

2 comentários:

Bruno Taborda disse...

Jovem, às vezes consegues ser mesmo brilhante!

Raciocínico disse...

Uau... obrigado :$

Sesguidores