terça-feira, 3 de abril de 2012

Sair do coiso


Incómodo.

Inconveniente, até.

Da minha escrita até à minha personalidade e forma de conviver (com outros e comigo mesmo), são descrições frequentes que eu não abraço totalmente. Apesar de ver como conseguem ser sucintas e precisas.
Ando a tentar, sem grande sucesso, fugir dessas características e tornar-me algo mais. E talvez seja por isso que ando a falhar ultimamente, tanto na escrita como na vida.
Não é uma questão de "sair do armário" quanto à minha natureza amarga. É querer transformar o armário noutro objecto qualquer.

2 comentários:

Alexandre M. Ferreira disse...

é uma questão de inspirar fundo, fechar os olhos e começar a ser algo mais. acho eu. e talvez na escrita seja mais fácil do que na vida.
abraço.

T disse...

Talvez.

Sesguidores