segunda-feira, 9 de maio de 2011

Decisions, decisions


Não sei se estou bêbedo demais para escrever ou se não estou bêbedo que chegue.

5 comentários:

Isabella disse...

e porque bebes tu?

Alter Ego disse...

Bêbado o suficiente para escrever uma linha decente, com uma reflexão interessante e que puxa um sorriso imediato. Gostava de beber tanto ou tão pouco como tu, that's for sure.

T disse...

Isabella: Para além de ser uma droga legal, relativamente barata e de fácil acesso, e de já estar familiarizado com os seus efeitos e com os meus limites de dosagem, beber é algo que me dá prazer. O quê, pensavas que era porque calhava e nem me apetecia e faltava alguém fazer-me essa pergunta para eu me aperceber?

Alter Ego: Pelo menos três cervejas por dia é jóia.

Anónimo disse...

Peço desculpa pela invasão, mas permite-me que diga que alguém cuja escrita é cuidada e interessante, não deveria escrever "demais" querendo dizer "de mais".

T disse...

É verdade. Sempre cometi esse erro e se me descuido sai logo porque tenho de pensar duas vezes antes de o usar. E se a minha escrita parece cuidada é completamente acidental, escrevo com a atenção de um boi intoxicado em cima de uma máquina de escrever e sem corrector ortográfico as calinadas seriam aproximadamente as mesmas de um boi analfabeto sob a influência de substâncias.

Sesguidores