segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Rotina de doente

  1. Acordar. Perceber que ainda estamos doentes e praguejar contra todas as divindades que se conhecem.
  2. Desejar morrer.
  3. Levantar da cama
  4. Desejar morrer novamente.
  5. Tropeçar pela casa para tentar arranjar algo que comer e encontrar um pacote de lenços por usar, talvez até fazer um chá não porque achamos que adiante algo mas porque estamos desesperados e toda a gente diz que o chá faz bem mesmo que toda a gente saiba que é treta porque quando eles estiveram doentes também estavam desesperados e tinham gente a dizer-lhes que chá fazia bem.
  6. Ir à casa-de-banho apenas quando estamos quase a rebentar porque levantar da cama para coisas supérfluas como necessidades biológicas primárias é um luxo a que apenas gente saudável se pode dar.
  7. Os remédios que diminuem os sintomas da gripe começam a fazer efeito e entra-se num delírio megalómano; pensamos que já podemos fazer as coisas que realmente queremos fazer e assim que tentamos quebrar a rotina de doente percebemos que fomos ludibriados e não existe bondade no universo.
  8. Voltar para a cama.
  9. À volta da cama só há lenços usados. Recorrer às mangas do pijama.
  10. Ver filmes que nunca chegámos a ver por "falta de tempo".
  11. Lembrarmo-nos que a razão pela qual nunca chegámos a ver os tais filmes era porque não eram grande coisa para começar. Vê-los à mesma porque qualquer outra distracção parece inútil de qualquer das formas. Além do mais estás doente, mereces é afundar-te na miséria e tens sorte de não estar a dar nenhum filme lamechas com o Richard Gere na televisão.
  12. Novo mantra: "Estar doente é um tédio, estar doente é um tédio, estar doente é um tédio".
  13. Decidir tomar uma pequena sesta, pode ser que a doença desapareça por magia quando acordarmos ou que pelo menos nos sintamos melhor.
  14. Acordar pior que nunca. Desejar morrer.

4 comentários:

patrícia disse...

Ha duas semanas estive assim. Mas quando devia ter ficado na cama, nao me deixaram. Melhor que o dito cha, 'e vinho tinto (mas como estas medicado secalhar nao convem, ahah).

T disse...

Mesmo medicado bebi uns copos nas últimas noites. Ainda foi quando me senti melhor. Mas se não tiver nenhuma "obrigação" só me apetece enrolar-me nos cobertores e esquecer que existo.

patrícia disse...

Era o que me apetecia na altura, mas estava em semana de entregas e nao pode ser.

Snow White disse...

Isto fez-me rir. Sinto-me cruel.

As melhoras, isso não dura mais do que uma semana (diz quem pouco sabe).

Sesguidores