quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Pensamentos Divergentes (nº169)


Vem fazer guerra comigo na cama meu amor.
Lá fora chove e morrem de fome e de frio;
Nós ficamos a morrer um no outro
À procura de vida no vácuo.

4 comentários:

benjamim machado disse...

muito bom, como também encontrar ecos na tua escrita de coisas (escritas) passadas.

um abraço

T disse...

Merda não me digas que te semi-plagiei sem dar por isso.

Rita F. disse...

"Mas uma mulher que faça bons broches fica para sempre com os seus homens, quer os queira quer não."

love it.

benjamim machado disse...

t,

desculpa dizer qualquer coisa só agora, mas claro que não me plagiaste. no máximo ter-te-ei eu a ti plagiado antes de teres escrito este poema, pois o meu está maior e atabalhoado e não creio que o tenhas lido, mesmo que esteja no blog. ou melhor, sou eu que vejo coisas onde elas não existem.

abraço

p.s.- o poema, já agora, chamava-se "segunda guerra do golfo no bairro das pites"

Sesguidores