terça-feira, 13 de abril de 2010

Prós e Contras de manter este Blog

.
Tenho andado deprimido com esta merda, como alguns já poderão ter deduzido. Como a única forma que tenho de resolver seja o que for é "desabafando" e processando um bocado os meus pensamentos, e como sou um débil mental, aqui vai uma lista. E claro, como também sou, segundo as más línguas, um pessimista, começo pelos contras.

E sim, eu sei que estou a ser excessivamente dramático com isto.


Contras

1 - Apesar de ser esse o propósito original do blog, lido cada vez pior com o obrigar-me a escrever. Cansa-me.

2 - Sinceramente, parece que a esmagadora maioria dos leitores regulares deste blog são o tipo de pessoa com a qual não sinto a mínima ligação. Alguns deles parecem, até, ser o tipo de pessoa que me queixo regularmente na minha vida pessoa e no blog. Sinto que o meu blog anda a tornar-se muito pop e apreciado principalmente por pessoas de interesses algo superficiais. Até aqui não há problema, e isso tanto me dá porque há uns bons quantos com quem simpatizo ou que admiro; o problema desta maioria é que detesto, abomino, o que isso poderá querer dizer em relação ao conteúdo do meu blog. Faz com que eu despreze ainda mais tudo o que faço e que me odeie a mim mesmo.

3 - Quão mais "conhecido" me torno, mais medo tenho de ser reconhecido/descoberto por pessoas próximas de mim na minha vida pessoal mas que desconhecem o meu blog, ou por pessoas que não me conhecem de todo mas de alguma forma poderão ser capazes de juntar dois mais dois. Não vale a pena apontarem para o facto da última ser pouco provável, não vale a pena racionalizar com a minha paranóia.

4 - Mais uma vez, apesar de fazer parte do propósito original do blog, odeio ter gente que me conhece a ler este blog e a saber o que me vai na alma.

5 - Não gosto da pessoa que eu acho que transpareço ser. E o pior é que isso provavelmente significa que não gosto da pessoa que sou, o que não me dá vontade nenhuma de continuar a expor-me.

6 - O blog durou bem mais tempo do que eu pensava e nesse sentido, mesmo não tendo cumprido o que eu queria, até não foi nada mau.

7 - É só a porcaria de um blog, não tem importância nenhuma.



Prós

1 - Se eu largar o blog é bem possível a minha namorada me dê na cabeça durante o próximo século ou dois.

2 - Como já referi, há de facto algumas pessoas com as quais sinto alguma ligação ou afecto ou seja o que for que lhe queiram chamar, e acho que seria mau perder esse contacto.

3 - Não é só a porcaria de um blog. Estaria a desistir de mais uma coisa na minha vida, a retroceder e a deitar para o lixo algo no qual "investi". A razão pela qual vim aqui e o meu esforço para alcançar um objectivo vão pelo cano abaixo. Significa que, para variar, fui cobarde e não me mantive a minha convicção.



Merda.

18 comentários:

Taina disse...

life sucks right? lol

MartaP. disse...

Acho que não te devias obrigar a escrever, que eu saiba ainda mandas neste estaminé e és obrigado por alminha de quem moço? Escreve quando te der na real gana. Os seguidores fieis, não vão deixar de dar o seu bitaite por isso.
Eu por acaso sou daquelas que passo aqui a vida e nem sou capaz de dar a minha opinião lol gosto mesmo de ler-te, nem que seja uma simples frase ou um vídeo.
E agora devias -te perguntar 'se esta vem cá sempre, mas não comenta, porquê que comentou agora?' ora pois já te vejo desanimado a algum tempo e não quero que acabes com o estaminé. E por aqui me fico.

Ps. Esquece os contras e liga aos prós!

AVISO: Se acabas com o blog vai haver chatices. (sim, isto foi uma ameaça):b

show your bones disse...

hum, hum, devias continuar, porque eu sou muito egoista e não quero saber dos teus prós para nada, só quero que continues a escrever o que te passa pela cabeça.

show your bones disse...

mentira, não quero saber dos teus contras.

Anónimo disse...

um blog é uma coisa um bocado maricas... é demasiado: olhem para mim! quero muita atenção! olhem como me exprimo bem aqui escondidinho atras do meu monitor.

Ela disse...

Sempre disseste que o blog era para ti e não para os outros. Então não te preocupes com o resto, mas sim com aquilo que te faz sentir bem.

Anónimo: Um comentário anónimo é um bocado maricas... é demasiado olhem para mim! olhem como me exprimo bem aqui escondidinho atrás do meu monitor.

:P

Ana disse...

Caro T:
Fiquei magoada!
Com que então não sentes ligação comigo? Sou daquelas das quais te queixas? Sou demasiado pop? Desprezas-me? Abominas-me?
Essa doeu!!!

pornotrashers inc. disse...

é só um blog. larga o divã do freud. é um blog. respira e escreve mil e quinhentos foda-se's no blog. comigo resulta.

Lauh disse...

Sinceramente, tu és tu e só quem te conhece realmente é que poderá perceber quem realmente és. Pode existir quem se identifique com coisas que digas mas isso não quer dizer que te conheçam.
Depois, se começaste a escrever para ti, continua. Se não te apetece postar uma vez, não o faças. O blog é teu. Ninguém tem nada que ver com isso.
E para terminar, mais porque a escola me deu cabo da cabeça hoje do que propriamente por não ter mais nada para dizer, por vezes pensamos que o aquilo de mostramos de nós aos outros é desagradável; muitas das vezes estamos errados. Tendo em conta que tens amigos e namorada não deves ser assim tão desagradável, independentemente de todos os defeitos que possa ter (sendo que toda a gente os tem).

kisses*

PS: concordo plenamente com Ela.

Lauh disse...

pensamos que aquilo que mostramos*
foda-se, que erros gigantescos ali.

Cri-Cri disse...

hey, e que tal pores nos prós que dar a conhecer banda-desenhada ao povo inculto é muito nice?

não se vêm quadradinhos há quase um mês... :D

Bolacha disse...

Mas tu pensas que enganas quem? Uma leitora assídua como eu? É que nem por sombras! Topa-se a milhas que isto é manobra de marketing para obrigar leitores silenciosos que vistam o blog com regularidade mas que nunca comentam (pois, eu) a deixarem a sua marca e a implorarem para que esta minicrise escrito-existêncial passe rápido!

Ok, agora mais a sério, eu também penso nos prós e contras de ter um blog, e faço-o com regularidade. Por muitos contras que existam acho que a vontade de escrever supera qualquer lista negativa.E saber que há quem aprecie, mesmo que nada tenham a ver connosco, também é positivo. Não é susposto a escrita aproximar mundos?
(pa, eu sou um bocado parva, estás a ver? É por isso que me abstenho de comentar...)

PaT disse...

Fod@sse...

Ana disse...

homem é simples: se tens vontade de escrever, escreves; se não tens vontade, não escreves. não precisas de ser "tudo ou nada". há momentos em que temos vontade de escrever e outros em que não, porque tens de parar de ter o blog ou continuar a tê-lo? e és também um bocado melodramático (eu sei o que isso é porque também o sou e acredita se isto me irrita um pouco em ti, mais ainda em mim).
desculpa a sinceridade, mas acho que num blog sincero os comentários também devem ser.

F. D. P. Carvalho disse...

depois de ler os comentários tenho que dizer: já reparaste no hárem de leitoras que tens aqui? e que não dispensam a leitura diária dos teus "tristes" devaneios? caramba homem, estou com inveja.

p.s. mermão, como a ana diz, és melodramático como a porra!

p.p.s. também questiono a média de idades das tuas leitoras, mas isso fica para outra ocasião.

Pedro Belmonte disse...

Pronto, lá fui eu escolhido para não estar no teu Moleskinde de pessoas "que valem a pena". Epaaa gosto seriamente do teu blog mas como a decisão é tua, por mim seria igual se quisesses ser o papa ou astronauta desde que faças o que gostas e isso te faça sentir pleno.

Pedro Belmonte disse...

Ah e mais. Digo o mesmo que me disseste com uma pequena mudança:

"Desde que não deixes de escrever e não ligues mais aos que não importam, não há queixas"

Mónica disse...

e eu agora dizia-te para fazeres como eu - manda isto tudo à merda e joga mas é crossfire que nem pensas em mais nada - mas eu não sou bom exemplo e era capaz de não ser boa ideia.

anyway, tenho a certeza que decidirás pelo melhor.

Sesguidores