segunda-feira, 8 de março de 2010

Mais um contributo ao movimento que quase ninguém adere mas que eu acho fixe na mesma

.
Hoje é o Dia Internacional da Mulher e em vez de ficar para aqui a refilar sobre como acho que este dia é, na maioria das vezes, usado para denegrir a imagem das mulheres, vou contribuir para um
movimento que se adequa à situação.
Mais uma vez, qualquer pessoa está convidada a juntar-se. Já o
sacana não tem outra opção. Fico à espera do contributo dele para este dia.


Ela apertava-lhe o crânio entre as pernas, como um torniquete. A cadência acelerada da língua fazia com que o seu corpo saltasse uma oitava, agarrarando-se aos lençóis até ao sangue da unha por medo de flutuar até à estratosfera.
A desarmonia era admirável: uma orquestra de gemidos entre uma respiração atrapalhada e os espasmos no abdómen. Ainda assim, ela sabia que o concerto o agradava. Deixou a cacofonia de sentidos correr de si - a tempestade que antecede o silêncio.

E após o silêncio, quem sabe, um bis.

5 comentários:

a Ruca disse...

Só por ser o dia da mulher estou tentada a criar um movimento em prol de broches, bicos ou que quiserem chamar.

T disse...

E terias todo o meu apoio.

a Ruca disse...

Eu não tenho grande potencial descritivo para estas coisas. Ficaria com um simples mas eficaz: «Chupa»

T disse...

Lol, boa.

sacana disse...

andei afastado da net. vou já tratar disto.

Sesguidores