sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Pedido singelo

.
Se eu um dia escrever como o Pablo Neruda espetem-me um tiro nos cornos o mais depressa possível que é para eu morrer satisfeito.

2 comentários:

sacana disse...

se disseres "oh queijo" quando conseguires isso, acho que não faltarão voluntários.

Leonor disse...

Mas ele é tão fofinho :$

Sesguidores