domingo, 10 de janeiro de 2010

Está visto

.
O meu problema são saudades do bom tempo, de passear pelas ruas de Lisboa, e de beber umas cervejas com amigos que não vejo há demasiado tempo.

A existência eborense é como a noz-moscada: fica bem com muita coisa mas em grandes quantidades torna-se tóxica.

4 comentários:

elena disse...

és tãaaaaaao engraçado!!

Leonor disse...

Palavras sábias.

Mr.Z disse...

Como eu concordo!

homebythesea disse...

O meu problema é o mesmo :)

E adorei a cena da noz moscada. LOL

Sesguidores