domingo, 13 de dezembro de 2009

Sou um selvagem que não sabe habitar na sociedade moderna - Parte 1

Ontem, enquanto passeava com o D à procura de um café decente, encontrei uma amiga minha que não via há algum tempo. Depois de nos despedirmos

D - Ouve, tu és cá um mal-educado, pá!
Eu - Então?
D - Fogo, pá! É impressionante.
Eu - Mas... que foi?
D - Que foi?! Fartaste-te de dizer palavrões!
Eu - Estás a gozar.
D - Tu é que deves estar a gozar.
Eu - Foda-se, não dei por nada.
D - E continuas. Então tu a falar com a rapariga não paravas de dizer palavrões.
Eu - Mas... tipo o quê?
D - "Olá ******, tudo bem caralho? Há imenso tempo que não te via, foda-se!"
Eu (rindo-me) - Ok, mas tu estás a falar a sério? É que não dei mesmo por nada.
D - A sério, pá! A rapariga é que não se pareceu incomodar, já deve saber como és. Quem não te conheça deve achar que és do Porto.

4 comentários:

PaT disse...

(F%&DS&/)

Esse teu amigo D, quiz dizer o quê com esse rótulo????

T disse...

Não sei, não sei. Também não percebi mas não quis perguntar. *Coff coff*

raquel disse...

[eu ainda não tinha lido este post quando escrevi o comentário ali de cima... nuorte!]

b'passarinho disse...

ai foda-se, sou do porto caralho!

Sesguidores