quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Os meus pensamentos ao entrar no chuveiro esta manhã

Foi tal e qual assim:

Estalaste os joelhos. Os dois. Antes não costumavas estalar. Foda-se. Sabes o que é? Já não és tão novo como eras. E há quantos anos não fazes exercício regularmente? Tinhas-te prometido a ti próprio que agora ias recomeçar, tentar ser um pouco mais saudável, mas nunca encontras tempo não é? O único exercício que fazes agora é durante o coito (se calhar devia sugerir-lhe a Ela que uma rapidinha por dia dá mais saúde e alegria que uma maçã - essa conversa havia de correr bem, havia). Mas tu também nunca ligaste muito a exercício físico. Nasceste com defeito de fabrico, desde pequeno que te habituaste ao pensamento de que nunca terias jeito ou futuro em desporto (porque é que às vezes me trato por Tu nos meus próprios pensamentos?). Depois não eras popular nem particularmente bonito, desinvestiste em tudo o que fosse relativo à aparência e concentraste-te em coisas da mente, querias compensar todas as tuas falhas biológicas, tornar-te mais inteligente e compreender tudo e todos. Tem resultado bem, isso? Merda, tens é de parar de te psicoanalisar durante o duche, vais chegar atrasado ao trabalho.


E cheguei.

2 comentários:

F. D. P. Carvalho disse...

ó meu vai pa casa! o teu espelho deve ser o mesmo que o meu.

T disse...

Olha, hoje ainda não me tinha rido assim.

Sesguidores