quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A culpa é minha

.


Admito que a culpa é minha. A culpa é minha porque sou eu que acredito que a tristeza é algo extremamente belo. E por isso a depressão e a dor atraem-me como os braços de uma amante nua.

E por isso só estou contente quando não o estou. E é por isso que sou como sou.

E é por isso que um dia destes o meu coração já não aguenta mais.

3 comentários:

b'passarinho disse...

olha. outra coincidência. poças :/

Mag disse...

como eu te percebo!

Mariparva disse...

será um mal nosso?

Sesguidores