sexta-feira, 10 de julho de 2009

Verão Rosa

.
Adivinhem quem voltou a desenhar

Tenho muita dificuldade em lidar com alguns tipos de pessoas. O Verão é a época alta de uma das espécies que mais me aflige.

Não suporto jovens mulheres completamente fúteis e infantilizadas. Nos seus 20-e-tais anos, com adereços da Hello Kitty e o máximo de rosa possível, tratando-se por "amigas" ou "manas" e comentando os rabos de rapazes giros. As suas conversas, para quem as consiga ouvir mais do que 2 minutos, são completamente ocas e ignorantes. Costumam surpreender-se quando encontram alguém que no último ano leu mais do que um livro e ainda porcima não era do Paulo Coelho ou da Margarida Rebelo Pinto.

Apesar de parecerem ter ficado presas nos 14 anos, gostam de se sentir altamente sexualizadas. O seu objectivo de vida parecem ser os flirts, as noites de sexo ocasional obtidas nas férias de praia ou na discoteca, e os e-mails em cadeia que falam sobre amor e amizade.
São também as raparigas que no MSN têm um boneco para cada palavra do dicionário e que quando têm namorado falam sempre dele como "O meu môr" ou qualquer outro diminutivo carinhoso idiota que se tenham lembrado. Apesar de serem mulheres feitas, ainda são capazes de no caderno desenhar repetitivamente um coração entre o seu nome e o nome do rapaz de quem gostam... até o idiota se fartar dela e lhe meter os cornos, ou até esta conhecer um que até seja mais giro.

Peço desculpa por este post mas ando de mau humor e precisei de desabafar um bocado.


P.S. - Quem sugira, na minha proximidade, que um rapaz é um produto de padaria baseado em farinha e fermento, está tramada comigo.

5 comentários:

Hugo de Oliveira disse...

Ahahahaha...

concordo plenamente com o que escreveste... mas a imagem está qualquer coisa de fantástica!

Adorei!


eheh


abraço

hugo disse...

é um facto... estão cada vez mais parecidas connosco...

Ostronauta disse...

ahahahaha

Alice disse...

Concordo contigo, há muitas assim. Mas há muitas que não, da mesma maneira que há gajos burros como portas e lindos (ou seja a embalagem engana muito) e outros não tão bonitos mas surpreendentemente inteligentes e maduros. Isso não tem a ver com sexo mas com indivíduos.


Mas gostei do Post.

T disse...

Alice: Nunca sugeri que o mal era do sexo. Estava a falar de uma raça em particular que por acaso é do sexo feminino. Acredita, há igualmente muitas do sexo masculino que me irritam da mesma forma.

Sesguidores