segunda-feira, 11 de maio de 2009

Assusta, assusta

.
A Leonor assusta-me.

Um dia destes fica a saber quem sou, nem que seja de vista, e lá se vai abaixo esta protecção cibernética que construí à minha volta.

E depois as pessoas que por aqui andam tornam-se "reais". Não poderei continuar nesta reconfortante simulação de vida.

E depois não sei o que fazer com isto. Ou comigo.

5 comentários:

cmykismybestfriend disse...

.o problema, ou então não, é que as vezes isto consegue ser mais real que o senhor antónio da padaria com mais gordas que vejo todos os dias
e agora que falei a sério vou ali

Leonor disse...

Não te quero estragar a vida. Eu mudo de cidade se for preciso.

gangrena disse...

adoro protecções cibernéticas,e já decidi que nunca mais as vou largar.
eu sou bué fixe on-line.

Raciocínico disse...

cmykismybestfriend: Poderás ter razão. Vai lá, que eu aqui espero.

Leonor: Uau... conseguiste ser mais dramática que eu =P
Não me estragas a vida, sou eu que sou parvo.

Leonor disse...

Ainda bem.
E sim és parvo, factos.

Mas se um dia te encontrar saberei que és tu. Sei lá, estão sempre a falar na merda do sexto sentido das gajas, um dia o meu há-de funcionar. Tenho dito.

Sesguidores